Tecnologia e Inovação

Melhoro a competitividade e otimizo custos das empresas pequenas e médias, usando Tecnologia da Informação

Estratégia de tecnologia para pequenas e médias empresas, startups e empreendedores

CTO as a Service

Orientação tecnológica contínua para assertividade técnica e redução de custos, levando em conta o aspecto humano.

Esse serviço é adequado para empreendedores e empresários que não têm formação na área de TI e que precisam:
- focar no comercial e não se preocupar com a parte de TI;
- de alguém que esteja do lado da minha startup/empresa para negociar e gerenciar a TI;
- diminuir riscos no caso de mudança de fornecedor de software/hardware, minimizando a possibilidade de que essa mudança prejudique a startup/empresa;
- lidar indiretamente com desenvolvimento de software e outras integrações tecnológicas;
- desenhar uma solução tecnológica;
- de um estrategista de TI, não de alguém operacional;
 

Palestras de tecnologia

Palestras de tecnologia com perspectiva histórica e visão crítica

Não se trata de palestras motivacionais. São palestras com conteúdo atualizado que apresentam tendências sociais e econômicas, com clareza e didática. As palestras disponíveis são:

- Transformação Digital na Prática;
- Inteligência Artificial: e eu com isso?
- Alfabetização Digital e Profissões do Futuro.

Também é possível encomendar, sob medida, outros temas relacionados à tecnologia.

Depoimentos

Missão

Melhorar a competitividade das pequenas e médias empresas, usando Tecnologia da Informação.

Valores

Equilíbrio cultural x Tecnológico
Relacionamento de longo prazo

Mídias

Causos e Cases

Episódios rápidos (< 2 minutos) sobre as situações que encontro nas empresas.

Episódio 4 – “A Religião dos Anexos”

Palestras

Palestras de tecnologia com perspectiva histórica e visão crítica.

Semana de Informática 2020: 21/09/2020 – 19h30: Transformação Digital e Inovação

Lives

Lives sobre assuntos atuais relacionados à tecnologia e à transformação digital.

Descomplicando a Tecnologia – Com Joaquim Fantin

Entrevistas

Entrevistas sobre o meu trabalho de CTO (Orientação Tecnológica). 

SER EMPREENDEDOR – Startups – inovação e mentalidade empreendedora para o mundo corporativo

Outros

Temas Diversos.

ATC – Alfabetização Digital e as Profissões do Futuro com Débora Noemi 

Bate-papo com clientes

Conversa com os clientes sobre os casos e as trajetórias deles

Lançamento previsto para início de 2022

Últimas do blog/Novidades

FAQ

(Perguntas Frequentes)

Um Chief Technology Officer (CTO) ou Diretor Técnico (em português) é uma posição de nível executivo e focada nas questões tecnológicas de uma empresa; é o visionário na área tecnológica. Um CTO tem duas funções principais: (1) fazer a ponte entre o negócio e a tecnologia, maximizando a assertividade técnica e a coerência das decisões da empresa; e (2) propor alternativas e caminhos, que minimizem o custo e maximizem os resultados dos respectivos investimentos.

Qualquer empresa deve tomar decisões estratégicas para poder nascer, crescer e se manter competitiva no mercado. Hoje em dia, a tecnologia tem papel preponderante em qualquer empresa e é, portanto, uma dimensão que deve ser priorizada no nível estratégico. O CTO é o responsável por orientar as decisões estratégicas de Tecnologia da empresa.

Num mundo cada vez mais tecnológico, o CTO traz assertividade técnica e custo-benefício nas decisões tomadas por uma pequena empresa. O CTO deve prover caminhos e atalhos de forma que o custo somado às soluções que ele propõe sejam menores do que se a empresa estivesse tomando as decisões sem um direcionamento tecnológico.

Um CTO deve ser agnóstico, visando o melhor resultado para a empresa. Não é o vendedor de uma solução tecnológica específica e também não está atrelado a nenhuma solução. Faz parte do trabalho dele inclusive orientar a contratação de consultores de TI para funções específicas, o levantamento das necessidades, o processo seletivo de contratação e o acompanhamento dos trabalhos realizados. O CTO é, portanto, um generalista, que orienta e negocia os caminhos tecnológicos da empresa.

O prazo de contratação mínima é de 6 meses e, a partir desse tempo, o contrato pode ser rescindido a qualquer momento.

Aproximadamente de 1 a 2 meses, após o início dos trabalhos. Esse é um tempo médio observado na prática para que as primeiras orientações comecem a surtir efeito.

Um CTO não pode, por princípio e por ética, direcionar a contratação de fornecedores com base em objetivos pessoais. Entretanto, ele deve ter uma lista de indicações para apresentar à empresa, caso necessário. Dessa forma, os processos de contratação podem ser construídos de maneira transparente e em conjunto com a equipe interna do cliente.

CTO é uma atividade executiva e estratégica normalmente relacionada a grandes empresas. O “CTO as a Service” torna essa atividade acessível para pequenas empresas, uma vez que o profissional é compartilhado entre vários clientes.